23 de mai de 2015

'Tive uma adolescência tardia', diz Junior Lima sobre fim de Sandy & Junior


O cantor Junior Lima, conhecido pela banda Sandy & Junior, falou de seus novos projetos e do programa online ao vivo que está apresentando, o "Vevo Sessions", na transmissão ao vivo da "TV Folha" desta sexta-feira (22).

"Tem sido interessante porque a minha vida inteira eu sempre estive do outro lado da história", comentou sobre o papel de apresentador. No programa, quinzenal, ele recebe músicos e grava sessões acústicas.

"Sou um cara multifacetado na minha carreira", disse, referindo-se ao fato de atuar como produtor, apresentador e músico, além de praticar o hobby da fotografia.

Ele também deu detalhes sobre sua vida pessoal e como foi lidar com a fama desde jovem. "Sinto que eu tive uma adolescência tardia", comentou, dizendo que só conseguiu viver livremente a adolescência após o fim da dupla.

Segundo Junior, na época da dupla, ele "anestesiava" e não se incomodava tanto com o assédio da mídia quanto hoje.

Sobre a polêmica frase de Sandy no Superstar —"eu amo meu pai, mas não amo a música sertaneja"— Junior defendeu a irmã: "Ela começou com sete anos de idade, hoje ela tem 32. A gente muda completamente, graças a deus. Seria bizarro se não tivesse mudado".

Ambos começaram suas carreiras com composições de seu pai, Xororó, que é um cantor sertanejo. 

Clique aqui e assista à íntegra da entrevista.

Fonte: Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...