4 de ago de 2015

Xororó revela a maior ‘arte’ do filho Junior Lima na infância



Junior Lima (Foto: Manuela Scarpa / PhotorioNews)Às vésperas do Dia dos Pais, Junior Lima recebeu o pai, Xororó, e o tio e padrinho, Chitãozinho, em seu programa, o Vevo Session, na noite desta segunda-feira, 3, em São Paulo.

Aproveitando o clima família, o apresentador relembrou sua infância em entrevista após a gravação e garantiu  que não deu muito trabalho aos pais.
"Eu não era muito arteiro. Não sobrava espaço para isso. Desde muito pequeno tratando com muita responsabilidade... Eu era super brincalhão, feliz, mas sempre fui um moleque mais calmo", afirmou ele, antes de admitir: "Claro que quando os pais falavam que não podia fazer alguma coisa, quando eles viravam as costas, eu fazia".

O cantor e apresentador acredita que o fato de ter crescido diante das câmeras tenha influenciado muito nesse sentido. "Você tem que viver um mundo de adulto aos 6 anos. Compromissos, shows... Fiquei mais compenetrado nas coisas. E a gente tinha uma agenda muito maluca. Então as artes eram pequenas no meio disso".

Xororó, no entanto, lembra muito bem algumas artes e travessuras do filho. Entre elas, ele não esquece a ocasião em que Junior transformou uma mentira em lição de vida. "Acho que a história mais marcante foi uma mentira que ele contou. Ele era bem pequenininho, estava na fazenda, e chegou com uma brincadeira de que tinha encontrado um macaco. Ele disse que via o macaco todo dia. Ele contou uma mentira e depois se sentiu mal e não conseguia mais sair dela. E todo dia ele inventava um pouco mais. Até que um dia falei que queria ir lá ver o macaco. Aí ele me levou já meio assustado' começou a me mostrar, mas não tinha macaco nenhum. Depois que ele viu que não tinha mais jeito, falou que era mentira e começou a chorar. Mostrei pra ele o motivo de não poder mentir, porque uma pequena mentira vira algo grande. Acabou sendo uma lição pra ele. Ele tinha uns 6 anos de idade", relembrou o sertanejo , aos risos. 
Pai e filho
Apesar da agenda corrida dos dois lados, Junior mostrou que uma grande preocupação da família foi sempre a união. Tanto é que o cantor e apresentador não tem nenhum momento marcante em que tenha sentido a ausência do pai, como datas comemorativas. "Ele nunca deixou chegar a esse ponto. Nas datas comemorativas, ele sempre dava um jeito de estar junto. Ou quando tinha alguma viagem internacional, a gente acabava indo junto. Nos momentos que eram muito importantes, a gente sempre dava um jeito de fazer rolar. A família sempre veio em primeiro lugar", disse Junior.

O cantor ainda relembrou um dos momentos mais marcantes de sua vida ao lado do pai.
"Lembro de quando ele me deu minha primeira bateria. Com 3 anos de idade, eu era completamente maluco por bateria. Convenci ele a me dar. Primeiro, quebrando a casa (risos). Na época não tinha bateria do tamanho de criança. Ele arrumou uma que era um pouquinho menor do tamanho padrão. Eu tentava alcançar, mas eu não saia dali. Ali ele viu que era sério, não era fogo de palha, e mandou fazer uma do meu tamanho. Lembro que foi a alegria da história".
Momento pai
Seguindo o exemplo do pai, que tentava adaptar a agenda para estar ao lado dos filhos, Junior disse que pretende fazer uma pausa na carreira assim que aumentar a família. "Está um pouco distante. Não sei o quanto. Mas são realidades diferentes né? 'Fio de cabelo', que foi o primeiro boom deles (Chitãozinho e Xororó), foi um ano antes de eu nascer. Então, quando eu nasci eles estavam naquele fase de correr atrás de tudo pra fazer acontecer. Minha realidade hoje em dia é diferente. Ja tenho 25 anos de carreira. Então hoje, no momento que eu tiver o filho, posso me dar ao direito de dar uma pausa em tudo, viver aquilo e, depois, voltar aos poucos", afirmou ele, que se casou em outubro de 2014 com a modelo Monica Benini. 
Descontração em família
E já que o clima era familiar durante a gravação do programa, não faltou descontração nem na hora das entrevistas. Assim, Chitãozinho aproveitou para falar sobre o fato de sempre confundirem e comentarem que ele também é pai de Sandy e Junior. "O pior é ser a 'esposa'. As pessoas perguntam: 'Você que é a esposa de Chitãozinho e Xororó?' (risos). Mas eu me sinto orgulhoso. Imagina ser pai de Sandy e Junior?", brincou o cantor, que foi só elogios ao afilhado. "Junior sempre foi bacana e divertido. E eu também sou muito descontraído, então a gente sempre dá muita risada".
Fonte: Ego

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...