22 de ago de 2015

Junior Lima traz sua primeira exposição fotográfica para Maceió

Fotos recebem intervenções do artista plástico e grafiteiro Dalata (Foto: Divulgação)A Galeria Gamma, em Maceió, recebe a mostra “Triálogo”, que reúne três artistas em dois segmentos: "Faces", primeira exposição fotográfica do músico Junior Lima, com intervenções do artista plástico e grafiteiro Dalata, e "Um Risco" do artista/pixador Caligrapixo (com X, referente ao movimento Pixo), que se baseia na caligrafia da pixação da cidade de São Paulo.

Ao apostar na convergência de linguagens, Triálogo amplia as possibilidades de interação entre o público local e a arte urbana contemporânea.

A proposta da mostra, terceira realizada em parceria com a Luis Maluf Art Gallery (SP), é difundir diferentes técnicas que permeiam a produção nos grandes centros urbanos: a fotografia, o grafite e a pixação.

"Desde o paleolítico, até os dias atuais, podemos transitar pela história da humanidade por meio dos registros de imagens deixadas no mundo. A comunicação imagética está intrínseca ao homem. Ao longo de sua história, através dos milênios, ele registra de uma forma ou de outra o seu percurso no tempo e uma dessas formas é a pichação", comenta Francisco Rosa, curador de Caligrapixo.

Faces, com curadoria cuidadosa das fotos, feitas por Junior Lima em parceria com César Ovalle, tem como fio condutor a despretensão do olhar que capta de cenas urbanas a paisagens bucólicas.
Apesar de muito conhecido por seus cliques produzidos pelo celular e postados em sua conta na rede social, o artista optou por garimpar de seu acervo, imagens inéditas e tiradas com câmera profissional, em sua maioria feitas durante viagens pelo Brasil (Fernando de Noronha), Estados Unidos (Utah) e Ásia (Tailândia, Laos, Camboja e Indonésia).
"Fotografo há uns dez, onze anos. Consegui dividir com as pessoas parte deste meu hobby quando montei minhas redes sociais. Me empolguei e agora quero externar este material de forma impressa e analógica, convidando mais gente para olhar o mundo do que eu enxergo. Seja a natureza, as pessoas, os animais ou o cotidiano. A simplicidade, mesmo na grandiosidade", explica Júnior Lima, que reúne imagens reveladas em colorido, e preto e branco.

Caligrapixo é um projeto baseado na caligrafia da pixação de São Paulo, criado pelo pixador Kamikaze (kmkz), e que se tornou seu nome artístico à partir de 2011.
O artista interfere na paisagem urbana com seus traços, num formato de sitespecific e que acompanham a arquitetura da cidade e sinalizam os lugares e os não lugares de São Paulo.
Sua tipografia é também seu principal elemento gráfico de construção de imagens e seu repertório é constituído de uma vivência urbana e suburbana de São Paulo, que se iniciou no movimento de pixação em 1996. Desde então, a técnica o acompanha como a gênese de seu trabalho em todas as fases e desdobramentos desse movimento que é único no mundo.
Ativo nas ruas até hoje, Caligrapixo é um expoente desse movimento sócio\político\cultural e histórico genuinamente brasileiro: o pixo.
Serviço:
Abertura: quinta-feira (20), às 19h30
Data: até 20 de setembro
Local: Galeria Gamma -Avenida Luís Ramalho Filho, 899, Jatiúca
Horário: Terça a Sábado, das 9 às 19hs.
Entrada grátis
Fonte: G1 Alagoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...